Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O advogado de João Perna, o motorista de José Sócrates, desmentiu este sábado em declarações à RTP as afirmações do advogado de José Sócrates, que dizia que o motorista não tinha saído de Portugal, tirando para ir “uma vez a Badajoz fazer a revisão do carro.

Ricardo Marques Candeias, que representa o ex-motorista de José Sócrates, que se encontra em prisão preventiva, garantiu também que o seu cliente não sabe de qualquer transporte de dinheiro.

“O João Perna ignora de todo que tenha havido transporte de dinheiro. Ignora porque exerceu as suas funções de motorista, fê-lo às ordens de alguém que era ex-primeiro-ministro, fê-lo no cumprimento daquilo que eram as suas obrigações. Poderá não haver transporte e havendo transporte, ele poderia ignorar o que transportava”, disse o seu advogado à RTP.

Ricardo Marques Candeias garantiu de seguida que “João Perna saiu efetivamente de Portugal”, sem comentar diretamente as declarações do advogado do ex-primeiro-ministro, que em entrevista à TVI, disse que João Perna só saiu de Portugal para ir “uma vez a Badajoz fazer a revisão do carro”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR