O que têm em comum o melhor jogador de futebol do mundo e um galã de Hollywood? A julgar pela imprensa internacional, a resposta é Irina Shayk. Nos últimos dias, o nome da modelo russa de 29 anos tem estado associado ao de Bradley Cooper, de 40. Os dois já foram fotografados a passear pelas ruas de Nova Iorque, alegadamente depois de um encontro, e há rumores de que o casal se terá envolvido numa after-party, depois da passadeira vermelha da Met Gala.

Por partes. Apesar de uma esforçada discrição — e de terem chegado e saído separados da Met Gala, que se realizou na última segunda-feira –, a Page Six escreve que, horas depois, o par foi visto aos beijos na festa de Rihanna “até às três ou quatro da manhã”. A mesma publicação deu conta, no final de abril, que o ator e a modelo foram a companhia um do outro na Broadway, onde assistiram ao espetáculo Finding Neverland e, de seguida, passearam pela cidade. Agora, há fotografias que o comprovam. As imagens pertencem à revista ¡Hola! e são publicadas no número que chegou às bancas, em Espanha, esta quarta-feira.

Mas os rumores vão mais longe e entram pelo tradicional jantar de correspondentes da Casa Branca adentro, que se realizou no final de abril. Apesar de estarem propositadamente separados durante o jantar, as duas celebridades foram vistas por diversas vezes numa troca de olhares cúmplices.

Tanto Bradley Cooper como Irina Shayk saíram há pouco tempo de uma relação. Ele terminou uma união de dois anos com a modelo britânica Suki Waterhouse (quase 20 anos mais nova) no final de março. Antes dela, o ator esteve casado durante quatro meses com a atriz Jennifer Esposito e manteve ainda uma relação com Renée Zellweger entre julho de 2009 e março de 2011.

Já Irina decidiu pôr fim, no início de 2015, a um namoro de cinco anos com o português Cristiano Ronaldo. Ela que, meses depois do fim da relação, quebrou o silêncio em entrevista para a revista ¡Hola! ao revelar que, ao lado do então namorado, se sentia feia e insegura. “O meu homem ideal é fiel, honesto e um cavalheiro que sabe como tratar uma mulher. Não acredito em homens que nos fazem sentir infelizes, porque esses são garotos, não homens”, disse Irina.

O provável romance entre ambos junta dois pesos pesados nas áreas da representação e da moda, até porque Cooper, diz o espanhol El País, é o terceiro ator mais bem pago, tendo ganho 36,2 milhões de euros só no ano passado. Além de uma conta bancária recheada, não lhe falta prestígio, uma vez que foi nomeado por três vezes aos Óscares — a última nomeação aconteceu a propósito da sua participação no filme Sniper Americano — e foi considerado uma das 100 pessoas mais influentes do mundo pela revista Time.

Irina não lhe fica (muito) atrás, com uma agenda de trabalho cada vez mais preenchida e que já roça a indústria do cinema. A russa estreou-se na grande tela com o filme Hércules, de 2014, ao lado do ator Dwayne Johnson.