É uma muito ocupada e sem tempo para nada. E ainda por cima tem tendência para ser desastrada e sujar-se com tudo em que toca. Pois bem, a Elizabeth & Clarke juntou-se a um químico para inventar a solução ideal para si: uma camisa branca que repele todos os produtos que entrem em contacto com o tecido. E as manchas passarão coisa do passado.

São “blusas básicas de tecido crepe, de boa qualidade e a um preço razoável”, escreve o ABC. Tudo graças à nanotecnologia que criou uma plataforma com fibras cem mil vezes mais pequenas que um grão de areia. Qualquer produto aquoso ou gorduroso que se encontre com a camisa fica suspenso e nada suja o tecido.

Café, mostarda, leite vinho e até chocolate são alguns dos alimentos que a criadora da blusa garante ao Refinery 29 que nunca mais vão atormentar as mulheres que vivem numa correria.

E mesmo tendo estas características, a camisa criada em seis meses parece igual a qualquer outra blusa de uma loja normal. Dura pelo menos um ano, dependendo do número de utilizações e das vezes que a coloca na máquina de lavar.