Só abre quando identifica cinco das impressões digitais previstas. Tem um sistema de alta voz que permite fazer chamadas e ouvir músicas através de uma ligação bluetooth ao seu telemóvel. E tem incorporadas três portas USB que permitem, por exemplo, carregar o smartphone enquanto viaja.

Estas são apenas algumas funcionalidades da mala criada pela Planet Traveler em parceria com a Kickstarter, conta o Telegraph. A “Space Case 1” foi lançada este mês: tem 55 x 28 centímetros de tamanho e pesa pouco menos de cinco quilos, estando de acordo com as dimensões propostas pela Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) para poder ser transportada nas cabines.

Mas caso a envie para o porão, não há problema. O sistema de notificações é uma das ferramentas mais úteis da mala: a Space Case 1 dispõe de uma aplicação para iPhone e Android que envia uma mensagem quando a mala chega ao tapete rolante onde a deve recolher. A Space Case 1 também tem um “assistente pessoal” na dita aplicação, que oferece informações sobre voos, tempos de viagem, informação proveniente do aeroporto, aluguer de quartos de hotel e veículos, conta a Paste Magazine.

Além disso, avisa-o quando fica a menos de 12 metros do proprietário. Na hora de pegar nela, não há nada mais simples: as rodas movimentam-se num ângulo de 360º e facilitam a deslocação. Feita de policarbonato, o material da mala é (quase) indestrutível, à prova de água, resistente a radiação UV e a temperaturas entre os 125ºC e os -100ºC.

Se num prazo de dez anos a mala sofrer algum acidente, pode fotografá-la e enviar as provas para a sede da Planet Traveler que o informa de imediato do ponto de arranjo mais próximo. Neste momento, a mala custa um pouco mais de 630 dólares, diz o BGR.