A Google anunciou esta noite que a Google Inc. vai ser substituída por uma nova companhia chamada Alphabet Inc. Em comunicado, Larry Page explica os contornos gerais desta alteração, que resumimos da seguinte forma: o universo de produtos e empresas é já demasiado grande para existir sob a designação Google. Dá como exemplo os produtos web tais como o motor de busca Google, o Google Maps, o Chrome, o YouTube e o Android, mas também outras empresas de tecnologia como a Life Sciences (que desenvolve lentes de contacto com sensores) e a Calico (que estuda a longevidade).

“G is for Google”, assim começa o comunicado. Outras letras de outras (muitas) empresas irão completar o “abecedário” da nova Alphabet, onde cada nova área de negócio terá um CEO. A gestão financeira continuará rigorosa mas será mais facilitada, esclarece Larry Page, que anuncia também que o presidente será o cofundador da Google, Sergey Brin. O anterior responsável pelo negócio da internet, Sundar Pichai, assume o cargo de Presidente executivo da “nova” Google, a principal empresa do grupo.

Trata-se de uma reorganização empresarial com reflexo na estrutura orgânica e, consequentemente, na apresentação e posicionamento da empresa nos mercados bolsistas. Para o utilizador dos produtos do gigante tecnológico, nada vai mudar, para já. Mas é de prever que esta reorganização venha trazer mais dinamismo às diferentes áreas de negócio, onde se incluem a X Labs, à qual Larry Page e Sergey Brin se vão dedicar.

Os reflexos na bolsa fizeram-se sentir de imediato. Matthew Ingram, jornalista e editor da Fortune, resume a explosão num tweet:

“Na última hora, a valorização da empresa somou o suficiente para comprar o Twitter”.

Entretanto a Quartz reuniu, de A a Z, as empresas que constituem o novo Alphabet. Vale a pena ver a lista.

Já agora, fique a conhecer o endereço da nova página da Alphabet: abc.xyz