A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) instaurou quatro processos-crime e 22 processos de contraordenação no festival MEO Sudoeste, na Zambujeira do Mar, concelho de Odemira. Foram inspecionados 45 operadores económicos. O festival realizou-se entre 5 e 9 de agosto.

Os processos-crime incidiram em deteções de géneros alimentícios avariados, jogo ilícito e uso indevido de documento de identificação. Quanto às contraordenações, a ASAE informa em comunicado que a maior parte das ocorrências foram de venda/disponibilização de álcool a menores, falta de requisitos de higiene, falta de aviso do álcool e ausência de registos de temperatura.

A ASAE apreendeu equipamento no valor de 11 250 euros e identificou 13 menores (entre os 16 e 17 anos) no âmbito da fiscalização da lei do álcool.