O Presidente do Zimbabwe, Robert Mugabe, protagonizou um momento insólito na reentré do Parlamento. Ao ler o seu discurso de abertura parlamentar os deputados rapidamente se aperceberam que já tinham ouvido aquelas palavras. E não há muito tempo. É que este era o mesmo discurso que Mugabe proferiu no dia 25 de agosto, no debate sobre o Estado da Nação.

O Presidente, de 91 anos e o líder mais velho em todo continente africano, terminou a intervenção sem interrupções, depositando, novamente, as suas esperanças de que a China iria ajudar a reavivar e economia do Zimbabwe. De seguida um porta-voz do Governo informou que Mugabe iria ler o discurso correto mais tarde.

“A confusão aconteceu no seu secretariado. Por isso o discurso no Parlamento deve ser anulado”, afirmou o porta-voz George Charamba, citado pelo The Guardian.

Mas esta situação animou a oposição. O Movimento para uma Mudança Democrática defendeu que este erro põe em causa a aptidão do Presidente para ocupar este cargo. O porta-voz do Movimento, Obert Gutu, contou à Agência Reuters que o “erro é histórico. Qualquer um, na plenitude das suas capacidades, teria notado rapidamente que o discurso era o errado.”

Este é o vídeo do discurso lido dia 25 de agosto. Este terminou com danças de protesto por parte da oposição contra o plano de resolução da crise económica do país africano.