O líder da Renamo, Afonso Dhlakama, reapareceu na Gorongosa, centro de Moçambique, após ter desaparecido há quase duas semanas, durante confrontos entre os homens armados da oposição e as forças de defesa e segurança.

Eram 15:15 (14:15 em Portugal) quando Afonso Dhlakama saiu das matas da Gorongosa, na zona de Macucuá, e se apresentou aos jornalistas e observadores convidados pela Renamo (Resistência Nacional Moçambicana) para assistir ao reaparecimento público do líder da oposição.

Afonso Dhlakama limitou-se a agradecer a presença dos convidados, referindo que, após o incidente do dia 25 de setembro em Gondola, província de Manica, percorreu dezenas de quilómetros a pé pelo planalto e atravessou o rio Púnguè até à região da Gorongosa, província de Sofala.

É esperada uma conferência de imprensa do líder da Renamo, a realizar na cidade da Beira.