O concerto “Música por uma causa”, realizado no passado domingo, “esgotou a lotação” do grande auditório da Fundação Gulbenkian, em Lisboa, e alcançou uma receita de 24 mil euros, anunciou a instituição.

Segundo a mesma fonte, a receita destina-se à Plataforma de Apoio aos Refugiados.

O concerto, com a Orquestra e o Coro Gulbenkian, teve a participação do violoncelista russo Pavel Gomziakov, que abriu a noite com a interpretação da Suite n.º 2 em ré menor, de Johann Sebastian Bach, tocada num raro Stradivarius, classificado como tesouro nacional, que faz parte da coleção do Museu Nacional da Música.

Este instrumento construído em 1725 pertenceu ao rei D. Luís.

Na segunda parte do concerto, o Coro Gulbenkian, dirigido pelo seu maestro titular Michel Corboz, interpretou um programa totalmente dedicado a Johann Sebastian Bach com a participação de Fernando Miguel Jalôto (órgão), Raquel Reis (violoncelo) e Manuel Rego (contrabaixo).

A lotação do grande auditório da Fundação é de 1.200 lugares