João Sousa venceu pela primeira vez o torneio de Valência, com os parciais de 3-6, 6-3 e 6-4.

Depois de ter entrado mal no jogo e ter deixado o valenciano Bautista Agut superiorizar-se por 6-3, João Sousa começou o segundo set muito nervoso e reclamou com o árbitro um par de vezes. Mas depois de recuperar a calma, não mais falhou. Quebrou dois jogos de serviço ao espanhol no segundo set, devolvendo o 6-3. E no terceiro set começou logo com um break ao jogo de serviço de Agut, terminando com uma vitória por 6-4.

Agut tinha chegado a esta final depois de uma meia épica onde tinha recuperado de seis match-points para vencer Steve Johnson. No discurso final Sousa agradeceu ao adversário, de quem é amigo, reconhecendo a importância de receber o troféu das mãos de Juan Carlos Ferrer, um antigo ídolo. 

Esta é a segunda vez que Sousa vence um ATP, depois da vitória na Malásia em 2013. Este ano chegou a cinco finais, vencendo esta, em cima do fim da época. Com o resultado de Valência João Sousa recebe 97 mil euros e volta a subir no ranking ATP, onde passará a ser o 34º – que é a melhor posição de um português de sempre.