Orçamento do Estado

Viagens grátis e leite de arroz mais barato. Oito curiosidades sobre Orçamento

Viagens grátis para trabalhadores dos transportes públicos, aumento do preço do tabaco, descida do IVA para o leite de arroz. Conheça algumas das curiosidades do Orçamento.

Tim Boyle/Getty Images

Autor
  • Elsa Araújo Rodrigues

O Orçamento do Estado (OE) para 2016 traz muitas alterações que vão mexer com o seu bolso. Beber leite de aveia vai ficar mais barato e fumar mais caro. Ora veja a lista.

Leite de aveia, arroz e amêndoa mais barato

As alterações ao regime do IVA significam uma descida da tributação aplicada às bebidas de aveia, arroz e amêndoa (sem álcool) passam a pagar apenas 6% de IVA, em vez dos 23%.

Viagens gratuitas para trabalhadores do transportes públicos

Os trabalhadores das empresas de transportes públicos vão ter direito a viajar de forma gratuita: a benesse já existia para viagens no exercício das respetivas funções e passa agora a incluir as deslocações de e para o local de trabalho.

Crédito ao consumo mais caro

As taxas de imposto de selo aplicáveis às operações de crédito ao consumo aumentam 50%, nos vários prazos em que os financiamentos podem ser feitos. Exemplo: um contrato de crédito a mais de cinco anos passa a pagar 1,5% de imposto de selo, mais 0,5%.

Taxas de pagamento baseadas em cartões sobem

As taxas que os comerciantes pagam aos bancos pelos pagamentos com cartões realizados pelos clientes vão ser sujeitas ao imposto de selo à taxa de 4%. Os estabelecimentos que aceitam pagamentos com cartões bancários pagam aos bancos uma comissão por cada transação com cartão de débito ou de crédito, por isso muitas vezes os comerciantes preferem receber pagamentos em dinheiro, em especial de baixo valor. Neste cenário, é provável que este aumento seja imputado a quem paga com cartões.

Tabaco aumenta entre 10 a 20 cêntimos

O imposto sobre o tabaco vai aumentar. Com o agravamento do elemento específico do imposto, que passa de 88,20 euros para 90,85 por cada mil cigarros, o maço de vinte cigarros aumentar 10 a 20 cêntimos. O aumento dos impostos vai penalizar o tabaco de enrolar cujo preço pode subir 40 a 50 cêntimos por 10 gramas.

Pais passam a ter direito a 15 dias com os bebés

O orçamento do Governo liderado por António Costa prevê o aumento da licença de parentalidade para os homens de dez para quinze dias úteis. Os dias vão pagos a 100%.

Mais utentes isentos de taxas moderadoras no SNS

Os dadores de sangue, dadores de células, tecidos e órgãos e bombeiros voltarão a estar isentos do pagamento de taxas moderadoras no Serviço Nacional de Saúde.

Tempo para guardar documentos desce dois anos

O prazo de conservação dos livros, registos contabilísticos e respetivos documentos de suporte desce de 12 para 10 anos, para os exercícios fiscais com início após 2017.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Professores

A Justiça e os Professores

Arnaldo Santos
431

Justiça é dar a cada um aquilo que é seu e cada professor deu o seu trabalho no tempo de congelamento na expetativa de ter a respetiva retribuição relativa à progressão na carreira: o que é seu é seu.

Benefícios Fiscais

Se calhar mais valia ter ido…

António Maria Cabral
177

Por que motivo um jogador de futebol (Pepe) que receberá milhões de euros afinal “só” vai pagar metade de IRS? A resposta é nos dada pela Lei de Orçamento de Estado de 2019...

Partidos e Movimentos

Uma alternativa à Geringonça

Carlos Guimarães Pinto
277

As hipóteses eleitorais da Iniciativa Liberal são as de um partido novo sem figuras do sistema politico-mediático nem apoio de um grupo de comunicação como sucede com Santana/Impresa e Ventura/Cofina.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)