Em fase de desenvolvimento e com introdução no mercado prevista para o final de 2016, ou o mais tardar no início de 2017, o futuro Classe E Coupé parece distinguir-se pelo facto de “abdicar” do pilar B, mantendo vidros laterais traseiros retrácteis, segundo as fotos-espia divulgadas pela australiana “CarAdvice”. Já no interior, o modelo parece partilhar muitas das soluções estilísticas com o sedan.

Ao contrário do antecessor, que tinha por base a plataforma do Classe C, a próxima geração será um membro de pleno direito da família E, utilizando a mesma plataforma. Daí que a imprensa internacional especializada antecipe que o novo Classe E não deixará de contar com as tão desejadas variantes AMG, algo que o modelo actualmente em comercialização não possui.