O atleta sul-africano Oscar Pistorius removeu as próteses em tribunal, para pedir clemência à juíza Thokozile Masipa, responsável pelo seu julgamento. Pistorius é acusado de ter matado a namorada, a modelo sul-africana Reeva Steenkamp, em 2013.

Esta quarta-feira, numa nova sessão no tribunal, Pistorius tornou a garantir que confundiu a namorada com um intruso. A defesa do atleta argumenta que ele se encontrava sem as suas próteses durante a noite e que essa condição o deixou incapaz de recorrer a outra forma de responder a um assalto.

Para o demonstrar, Pistorius removeu as próteses em pleno tribunal e caminhou, emocionado, pela sala de audiências.

A namorada de Pistorius foi baleada três vezes, através da porta da casa de banho.