Se as eleições fossem hoje, o PS e o Bloco de Esquerda recolhiam 45,2% dos votos, segundo o estudo da Eurosondagem para o Expresso divulgado esta sexta-feira. Os dois partidos juntos ficavam assim perto do resultado alcançado por José Sócrates em 2005, quando conseguiu obter 121 dos 230 deputados, com 45,03% dos votos.

Segundo esta a sondagem, o PS teria 35,5% dos votos (uma subida de 0,5% em relação à sondagem anterior) e o Bloco de Esquerda alcançaria um resultado de 9,7% (uma subida de 0,2%). A CDU, de acordo com o mesmo estudo, teria uma queda de 0,2% para os 7,8%. O PSD estabilizou nos 32,5% e o CDS teve uma quebra de 0,5% para os 6%.

Apesar de não ter maioria, o PSD e o CDS teriam hoje, segundo este estudo, um resultado melhor do que nas legislativas de 2015, que ganharam com 36,8%. Somados, de acordo com a sondagem, os partidos de direita alcançariam 38,5%. O Bloco desceria ligeiramente e o PCP também. O PS teria uma subida de 2,2%.