Rádio Observador

Maquilhagem

Como tornar a maquilhagem à prova de calor

Verão significa usar menos camadas de produtos, menos contornos e procurar a palavra "waterproof" em toda a maquilhagem. Mas há alguns truques que ajudam a sobreviver ao calor. Em beleza.

O verão é a altura do ano que andamos mais felizes. Mas também andamos mais suadas, com a maquilhagem borrada e o cabelo peganhoso. E em dias como os da última semana, em que as temperaturas bateram nos 40 graus, torna-se penoso pensar em colocar até uma base no rosto. Ora, se há uma época do ano em que pode aliviar a sua rotina diária, o verão é a altura certa: menos camadas de produtos, menos contornos e procurar a palavra “waterproof” em tudo o que usar. E se até a rainha da maquilhagem, Kylie Jenner, está a dar descanso à sua pele minuciosamente maquilhada todos os dias, nós também podemos, certo?

????

A photo posted by King Kylie (@kyliejenner) on

Eis tudo o que precisa de saber para sobreviver ao calor. Em beleza, claro:

O primer é produto estrela do seu nécessaire

O ideal seria aliviar as camadas de produtos que usa porque a combinação maquilhagem + suor pode entupir os poros e potenciar o aparecimento de acne. Mas se não vive sem a sua base, a chave para uma cobertura duradoura é usar o produto que durante o resto do ano ignora: o primer. Serve especificamente para fazer com que a base fixe durante horas. A única coisa que precisa é de garantir que usa uma fórmula leve e sem óleo para não pesar na pele.

Esqueça a cobertura total

Tal como Kylie Jenner deixou as sardas darem o ar de sua graça, os corretores, ao serem fórmulas demasiado densas, podem começar a escamar com o calor. Se não dispensa algumas zonas – as olheiras são problemáticas até no verão, nós sabemos – use corretores de textura leve mas altamente pigmentados. É este o truque para garantir cobertura das olheiras e de algumas marcas mas sem ficar manchada. E escusado será dizer que tem de dizer a palavra mágica “waterproof” (à prova de água) para não ter de se preocupar com a transpiração.

Troque os pós pelos cremes

Especialmente nas sombras de olhos e no blush. Quando a transpiração e os pós se misturam, o resultado é como se tivesse uma espécie de “papa” a escorrer pelo rosto. Nos olhos, opte por sombras em creme que, além de resistirem ao calor sem borrar, mantêm a cor e não brilham ao sol. Na pele, a regra é a mesma: um blush em pó pode, literalmente, começar a escorrer ainda antes de sair do carro. Use blush em gel ou em creme e esbata com os dedos.

Troque as cores pelos brilhos

A maquilhagem “nude” costuma ser tendência todos os verões exatamente porque estamos mais morenas, temos um ar mais saudável e podemos tirar partido disso. No dia-a-dia, troque os batons coloridos pelos brilhos de lábios e bálsamos hidratantes com cor, não carregue nos olhos e aposte mais em máscaras de pestanas do que em riscos de eyeliner. O ideal será manter-se o mais descontraída e minimal possível. As cores tendem a brilhar com o sol, podem tornar-se pesadas e, ao invés de dar luz ao rosto (que é o objetivo), tornam-no ainda mais carregado e envelhecido.

Use sempre, sempre, sempre um pó translúcido

A par com o primer, é outro dos produtos que, se o ignora durante o resto do ano, no verão torna-se o seu melhor amigo. Além de fixar a maquilhagem, vai matificar a pele e reduzir o brilho. Mais, como é incolor, não vai causar problemas com a transpiração.

Leve na mala: toalhitas anti-oleosidade e um spray

Já falámos nos sprays há uns tempos: águas termais, águas de beleza, brumas, fixantes de maquilhagem e águas celulares. Pode escolher à vontade porque hidratam a pele, refrescam, reduzem a oleosidade e fixam a maquilhagem. E porque, por vezes, por mais precauções que tenha, o calor é simplesmente insuportável, as toalhitas anti-oleosidade não retiram a maquilhagem e podem ser passadas na pele para absorver a oleosidade e o brilho que, a meio o dia, se possa ter acumulado na pele.

Na fotogaleria, em cima, veja as nossas sugestões de produtos que tem de ter no seu nécessaire nestes dias de calor.

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)