O WhatsApp está a testar novas funcionalidades em versão beta (apenas para alguns utilizadores) e as diferenças podem ser maiores do que o que se esperava para uma aplicação de mensagens (chat). De acordo com a publicação Android Police, as atualizações não vão incluir nada de novo na indústria tecnológica, mas podem fazer toda a diferença para um outro operador do mercado, o Snapchat.

A versão final, a ser lançada brevemente, vai conter funcionalidades que vão ao encontro do que os utilizadores podem já encontrar em aplicações como o Snapchat e Messenger. Começando pela câmara, no WhatsApp vai ser possível tirar melhores selfies em ambientes escuros. Tal como já acontece no Snapchat, o flash frontal vai permitir criar um ecrã branco e aumentar a iluminação para o máximo, criando assim o efeito de um flash.

A partir do momento em que a selfie for tirada, surgem novos menus na pós-edição. No topo do ecrã, vai ser possível acrescentar emojis grandes, texto e desenhos à imagem. As fotos e vídeos passam a poder ser ilustradas ao gosto do utilizador, dando-lhes um ar mais divertido. No campo dos vídeos, há outra novidade: o zoom com apenas um dedo. Tal como já acontece no Snapchat, basta pressionar para iniciar a gravação de vídeo e arrastar o dedo para cima e para baixo, para alterar o zoom.

A forma como se escreve na aplicação também sofreu alterações. Os emojis vão ter tamanhos diferentes consoante a quantidade enviada. Se enviar apenas um, este surge um pouco maior do que o resto do texto. Quando são vários – e não estão acompanhados por texto – vão diminuindo de tamanho até atingir o padrão utilizado para a escrita.

Com as novas mudanças que aí vêm, pode tornar-se difícil distinguir o WhatsApp do Snapchat. Depois de o Facebook ter tentado comprar o Snapchat em 2013, e esta ter recusado, a empresa parece ter aberto uma guerra silenciosa, mas eficaz, contra a empresa liderada por Evan Spiegel. Recorde-se que o WhatsApp foi comprado por Mark Zuckerberg em 2014.

Não há muito tempo, o Instragram (que também foi comprado pelo Facebook em 2012) introduziu as Stories, uma funcionalidade que permite ao utilizador partilhar uma foto ou vídeo com todos os seguidores e que, ao fim de 24 horas, desaparece. Este é, basicamente, o conceito inicial do Snapchat.

Até à data, não existem certezas quanto ao lançamento oficial da nova atualização do WhatsApp, mas especula-se que aconteça nas próximas semanas.