Nem só de design se faz o vanguardista UX Concept. O mais recente protótipo da Lexus, que será apresentado no Salão de Paris, vai oferecer também uma condução que o fabricante descreve como “imersiva e única”, graças à tecnologia inovadora do Interface Homem-Máquina (HMI) 3D.

Visão de um futuro quiçá não tão distante quanto isso, o Lexus UX Concept conta, no interior, com uma ergonomia no cockpit que “flui do corpo do condutor e da inovadora tecnologia HMI”, a que se junta uma instrumentação com um globo transparente que “flutua como uma espécie de holograma” e no qual surge a “informação analógica e digital”, pode ler-se no comunicado divulgado pela marca.

A consola central, acrescenta a Lexus, “abriga uma proeminente estrutura facetada de cristal dentro da qual é claramente visível para o condutor e passageiro dianteiro um mostrador tipo holograma, com informação sobre os sistemas de ar condicionado e de multimédia”.

UX_12_loc_DH_2016_rgb_1

Segundo a marca, “o interior é o resultado de uma fusão entre as técnicas de fabrico de alta tecnologia e dos mestres artesãos japoneses “

Ainda em termos de avanços tecnológicos, o protótipo possui vidros eletrocromáticos, sendo que os espelhos retrovisores exteriores são substituídos por câmaras muito mais finas do que as que normalmente albergam os retrovisores convencionais. Todos os comutadores são eletrostáticos e alojados sob tampas transparentes.

Finalmente, o design utilizado no pilar A é repetido no tablier, como forma de proporcionar uma nova experiência de som, através do recurso a uma barra de som desmontável instalada no painel de bordo do lado do passageiro.

“O nosso objetivo consistia em criar um novo tipo de crossover compacto; um veículo que pudesse fazer progredir a experiência do utilizador e criar algo único do ponto de vista do cliente”, explica o designer da Lexus, Stefan Rasmussen. Basicamente, “uma inovadora experiência de condução imersiva 3D”, conclui.