O aeroporto de Lisboa já reabriu e “está em operação normal”, dez horas depois do acidente com um avião da TAP Express que rebentou um pneu na aterragem, informou a ANA — Aeroportos de Portugal, sem adiantar mais pormenores.

O Observador sabe que há voos atrasados, ou mesmo bastante atrasados, pelos que se recomenda que os passageiros se informem sobre a hora de partida da sua viagem antes de se dirigirem ao aeroporto.

O fecho do aeroporto ocorreu na sequência de um acidente no sábado com um avião da TAP Express que, segundo a empresa, se deveu “ao rebentamento de um pneu no momento da aterragem”.

A pista secundária do aeroporto de Lisboa chegou a estar aberta durante a noite para permitir operações de descolagem.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

De acordo com a ANA, o acidente ocorreu às 22h35 de sábado, dentro do perímetro aeroportuário, “tendo sido acionados de imediato todos os meios internos e externos para atuação em caso de emergência”.

O avião em questão, um ATR 72, efetuara o voo 1971 com origem no Porto quando sofreu o acidente já no perímetro do Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa. Os 20 passageiros foram desembarcados, tendo saído ilesos do acidente.

O acidente está já a ser investigado pelo Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves (GPIAA).