534kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 32.99/mês aqui.

Austrália. Imagens de uma aranha gigante a tentar comer um rato tornam-se virais

Este artigo tem mais de 5 anos

Um vídeo de uma aranha enorme a arrastar um rato para o comer tornou-se viral. Depois disto, a aranha foi adoptada por uma família australiana.

i

Facebook Jason Womal

Facebook Jason Womal

Uma aranha a tentar comer um rato? Sim, é possível — na Austrália. E até há imagens a registar o momento. O vídeo, que se tornou rapidamente viral e foi visto mais de 6 milhões de vezes, foi feito por Jason Womal. Ao The Guardian, Jason contou que estava prestes a sair de casa quando foi chamado pelos seus vizinhos para ver “algo fixe”: uma aranha transportava um rato e tentava comer o animal.

No vídeo, pode ouvir-se o entusiasmo de quem está a ver o episódio insólito. A aranha consegue movimentar-se com o animal preso nas mandíbulas.

A publicação de Jason Womal já conta com mais de 45 mil comentários. Os cibernautas não ficaram tão entusiasmados como Jason — ficaram amedrontados.

Numa publicação mais recente, o autor do vídeo assegurou que a aranha está viva e bem de saúde.

Para que todos saibam a aranha está bem. Nós chamamos-lhe Hermie e adotámo-la”

Graham Millage, o responsável pela coleção de aracnídeos do Museu Australiano, comentou o caso e disse que esta era uma situação incomum mas não impossível. Millage disse que esta espécie pode crescer e atingir os 16 centímetros só na perna.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.