Se as eleições presidenciais francesas fossem agora, François Fillon ganharia facilmente a Marine Le Pen na segunda volta. Uma sondagem do centro de estudos de opinião Harris Institute mostra que o candidato, escolhido este domingo como representante do centro-direita na votação do próximo ano, venceria a candidata da extrema-direita tanto a primeira como a segunda voltas.

Fillon, que surpreendeu ao deixar para trás candidatos teoricamente mais fortes (Nicolas Sarkozy e Alain Juppé), ganharia a segunda volta com 67% dos votos contra 33% de Le Pen.

A sondagem mostra igualmente que nenhum candidato da esquerda parece ter capacidade para derrotar Fillon ou Le Pen e chegar à segunda volta. Na área socialista, Emmanuel Macron e Jean-Luc Mélenchon são os mais bem posicionados da primeira volta, embora a grande distância de François Fillon (26%) e Marine Le Pen (24%).

Se François Hollande se recandidatar — ainda não disse que o faria –, não deverá fazer grande mossa a nenhum dos candidatos da direita, de acordo com este estudo. O mesmo acontece com Manuel Valls, o primeiro-ministro, a quem a sondagem aponta um resultado igual ao do atual presidente francês.