Apresentado pela primeira vez nos já distantes anos 40, pouco depois do final da II Guerra Mundial, mais concretamente em 1947, o Citroën Type H foi um comercial que acabou por deixar a sua marca no difícil período do pós-guerra, assumindo-se como um veículo funcional, versátil e resistente. Com mais de 473 mil unidades fabricadas durante os 33 anos que se manteve em produção, entre 1948 e 1981, o Type H – que também ficou conhecido como ‘TUB’, o nome do predecessor – está agora de regresso, graças a um kit fabricado pela italiana FC Automobili.

Projecto desenvolvido pelos designers Fabrizio Caselani e David Obendorfer, o “novo” Type H tem por base o furgão que lhe sucedeu na oferta da Citroën, o Jumper. No qual é instalado um kit estético que, de uma forma verdadeiramente surpreendente, transforma o modelo dos nossos dias num comercial que, durante décadas, foi imagem de marca do sector produtivo francês.

Setenta anos depois da apresentação do Type H original, torna-se assim possível voltar a ver na estrada um dos modelos icónicos da marca do double chevron, equipado com todas as tecnologias dos modelos mais recentes. Além de pronto para desempenhar, de novo, os mais diferentes papéis – isto porque, de acordo com os mentores do projecto, o objectivo é disponibilizar o novo Type H não apenas na variante standard, mas também em versões específicas e preparadas para servir, por exemplo, como autocaravana, carrinha de venda de produtos alimentares, veículo de transporte de passageiros e até carrinha de assistência.

De acordo com a informação divulgada pela FC Automobili, apenas 70 destes kits deverão ser produzidos, sendo que a transformação dos Jumper será feita, artesanalmente, em Itália. Único senão: também a comercialização será feita apenas dentro das fronteiras italianas.

[jwplatform SpUsxWhq]