A FIFA advertiu, esta terça-feira, a seleção mexicana de futebol acerca da conduta dos adeptos na Taça das Confederações de futebol, devido a cânticos discriminatórios entoados no jogo frente a Portugal.

Os adeptos entoaram um cântico homofóbico durante a partida da seleção mexicana frente a Portugal (2-2), no domingo, em Kazan, apesar do aviso prévio da FIFA sobre uma monitorização mais rígida, em caso de incidentes ofensivos.

A FIFA afirmou que o representante do Comité Disciplinar, Anin Yeboah, “decidiu impor uma advertência à Federação Mexicana de Futebol pela falta de conduta de um pequeno grupo de adeptos mexicanos, que entoaram cânticos insultuosos e discriminatórios”.

A Federação Mexicana de Futebol já sofreu sanções recentemente pelos mesmos motivos, nos jogos de qualificação para o Mundial2018.

O segundo jogo do México no Grupo A da Taça das Confederações vai ser frente à Nova Zelândia, na quarta-feira, em Sochi.