O site Dinheiro Vivo, do suplemento de economia do Diário de Notícias, terá sido alvo de um ataque informático. Através de uma nota da direção, o site revela que o caso foi semelhante a outros, de nível internacional, em que os hackers “terão utilizado a capacidade de cálculo dos computadores para lucrarem em criptomoedas”.

O principal alvo dos piratas informáticos foi, de acordo com o Dinheiro Vivo, “a área de informação que divulga o índice PSI-20”. O site realça ainda que os utilizadores da plataforma não estão em risco e refuta qualquer tipo de pirataria informática, acrescentando que “por precaução foi desativada essa zona do site, estando portanto o tema já devidamente debelado”.

O Dinheiro Vivo recorda que, em setembro, foram revelados outros casos internacionais semelhantes, como o do site de armazenamento de filmes e músicas piratas “The Pirate Bay”: os hackers apoderam-se do computador dos utilizadores para “gerar” criptomoeda, semelhante à bitcoin. A nota da direção informa também que “a investigação ao caso prossegue”.