Com a chegada do verão, muitas pessoas tentam encontrar nos alimentos do quotidiano as respostas para como perder peso ou adelgaçar o corpo. Mas alguns dos truques mais famosos podem não passar de mitos: é que não há um único estudo científico fiável que comprove que beber água com limão resulte numa diminuição do peso ou num corpo mais elegante só por si. E as investigações com resultados positivos foram feitos em ratos e com quantidades de um determinante componente do citrino em quantidades exorbitantes.

Isto é o que explica o jornal El Español na voz Juan Revenga, um nutricionista e dietista que escreveu sobre o assunto no blog que gere: “Se a água com limão realmente tivesse inúmeros benefícios, com o quão barato é e a escassez de efeitos secundários, como é que nenhum serviço público de saúde, nenhuma administração de saúde do mundo desenvolvido o implementou nos seus serviços? Como é que não aparece em nenhuma recomendação oficial?”.

Esta posição é reiterada por Marián García, uma farmacêutica contactada pelo jornal espanhol. É que as propriedades do limão que costumam ser relacionadas com a perda de peso existem em iguais ou maiores quantidades em vegetais como os brócolos ou noutras peças de fruta como a laranja. Além disso, os poucos estudos que relacionam o limão com a perda de peso foram feitas em ratos que foram sujeitos a quantidades muito grandes de um determinado nutriente do limão, que quando posto dentro do organismo e diluído em água tem efeitos muito próximos do zero.