O FC Porto ganhou ao Benfica este domingo no Estádio da Luz com um golo de Herrera já em cima dos 90 minutos. Com este resultado a equipa de Sérgio Conceição recuperou a liderança do campeonato, ficando com dois pontos de vantagem sobre o Benfica quando faltam disputar quatro jogos. No final do jogo, Pinto da Costa mostrou-se satisfeito com o resultado e elogiou o marcador do golo, Herrera: “Fomos felizes porque marcar aos 90 minutos é sempre uma felicidade mas, curiosamente, foi um golo espetacular de um jogador que merecia realmente coroar a sua exibição com tento alcançado”.

O presidente portista considerou que a equipa jogou sempre para ganhar e disse que o Benfica, a certa altura, começou a jogar para defender o empate.

As duas equipas mostraram grande qualidade. Foi um jogo muito intenso e acho que a diferença que houve foi espelhada na ambição. O FC Porto penso que jogou os 90 minutos para ganhar, fez as substituições para procurar a vitória até ao fim e penso que o nosso adversário, tendo jogado muito bem, a determinada altura deu a sensação de procurar segurar o empate”

Pinto da Costa abordou também o facto de ter um bom histórico de resultados no Estádio da Luz: “Nos últimos anos tem corrido bem, embora tenham desligado a televisão para vocês não poderem ver não desligaram as luzes por isso estamos muito melhor. Vencer em qualquer campo é sempre bom mas óbvio que num clássico a vitória tem mais sabor”.

Em relação ao facto de ter assistido ao jogo na tribuna, o presidente do FC Porto disse que não é sinal de melhoria de relações entre os dois clubes porque sempre viu lá os jogos. Sobre se a equipa vai conseguir manter a liderança nas quatro jornadas que faltam, Pinto da Costa disse que não sabe o que pode acontecer e mandou uma farpa ao Benfica: “Se fosse bruxo, naturalmente que o Benfica, em vez de ter ido ao de Fafe, teria falado comigo”.