As portas abriram-se hoje, às 10h00, para acolher os muitos fãs e clientes da marca Abarth em Portugal. O Circuito Vasco Sameiro, em Braga, volta a ser o ponto de encontro escolhido para mais uma edição do Abarth Day, evento que se realiza anualmente no nosso país desde 2011, com duas interrupções pelo meio. Esta que é a 6.ª edição promete ser um verdadeiro teste à organização, pois ontem estavam já confirmadas cerca de 500 inscrições, número nunca antes alcançado por cá e que, em conjunto com as entradas directas (à porta), se traduzirá certamente nalguma pressão em algumas das actividades propostas.

Mas, afinal, o que têm os fãs do escorpião – e existem cerca de 2.200 inscritos no clube Abarth de Portugal – à sua espera em Braga? Basicamente, um dia carregadinho de adrenalina e diversão, com as atenções a estarem naturalmente viradas para as novidades: os Abarth 595 Rivale e o 124 GT. Ontem tivemos oportunidade e conduzir ambos em pista, pelo que podemos desde já garantir que… vale a pena! São duas propostas simplesmente viciantes, cujas impressões ao volante lhe daremos conta num outro artigo.

Voltando a Braga e às propostas para hoje, a promessa de que os visitantes não só têm livre acesso a todas as áreas, como podem apreciar os Abarth de todos os restantes participantes num estacionamento dedicado e exclusivo à marca. Ao que apurámos, 60 proprietários garantiram já a sua presença, o que significa que podem fazer um check-up gratuito ao seu Abarth numa acção técnica denominada Abarth Coolday. Equipas especializadas estão no local para efectuar vários serviços técnicos aos Abarth presentes, ou para responder a qualquer questão técnica que os condutores possam ter relativamente à manutenção e performance do seu automóvel.

Os visitantes terão ainda acesso ao paddock e a uma área lúdica com jogos e simuladores, há também uma Mopar Store, onde se podem adquirir acessórios e kits da marca, sendo que a história da marca também não é esquecida, com 15 clássicos em exibição.

Mas o mais emocionante é, sem dúvida, assumir o volante e testar as viaturas. Seja de que forma for: ao comando do seu próprio carro, num espécie de drag race (Abarth contra outro Abarth), numa experiência em pista ou, ainda, ao lado de um piloto a bordo de veículos Abarth Racing.