Lisboa

Lisboa é uma das cidades finalistas ao título de Capital Europeia da Inovação

A capital portuguesa é uma das 12 finalistas ao prémio iCapital -- Capital Europeia da Inovação -- do Horizonte 2020, cujo vencedor será anunciado na Web Summit a 6 de novembro.

TIAGO PETINGA/LUSA

A capital portuguesa é uma das 12 finalistas ao prémio iCapital — Capital Europeia da Inovação — do Horizonte 2020, cujo vencedor será anunciado na Web Summit, em Lisboa, a 6 de novembro.

Em comunicado, a Comissão Europeia indica que além de Lisboa, concorrem ao prémio Aarhus (Dinamarca), Antuérpia (Bélgica), Atenas (Grécia), Bristol (Inglaterra), Gotemburgo (Suécia), Hamburgo (Alemanha), Leuven (Bélgica), Madrid (Espanha), Toulouse (França), Umeå (Suécia) e Viena (Áustria), para a distinção de cidade que “melhor demonstre a sua capacidade de utilizar a inovação para melhorar a vida dos seus cidadãos”.

O primeiro prémio tem um valor de um milhão de euros, recebendo as cinco finalistas 100 mil euros cada e sendo também distinguidas algumas cidades finalistas, que sejam especialmente reconhecidas pelo seu esforço para promover a inovação.

Podem candidatar-se ao Prémio iCapital as cidades que têm mais de 100 mil habitantes, localizadas num Estado Membro da UE ou país associado no âmbito do Programa Horizonte 2020, o programa de investigação e inovação da União Europeia.

Os candidatos são avaliados na forma como executam as soluções inovadoras para os desafios da sociedade. Estas soluções podem estar concluídas ou em curso, mas têm de ser implementadas no ano anterior à abertura do concurso ou no próprio ano do concurso.

Os finalistas vão apresentar as suas estratégias de inovação na sessão “iCapital Stories”, durante a semana europeia das regiões e cidades, em Bruxelas, a 10 de outubro e o vencedor será anunciado a 06 de novembro, na Web Summit, que terá lugar em Lisboa.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Legislação

Esmagar o povo

José Miguel Pinto dos Santos

Um povo forte é uma ameaça ao poder do Estado e, portanto, quem quer controlar o poder tentará enfraquecê-lo, esmagá-lo com legislação adequada, não deixando que organizações intermédias ganhem força.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)