Web Summit

BE saúda retirada de convite a Le Pen mas aponta falta posição do Governo e CML

866

O Bloco de Esquerda aplaudiu esta quarta-feira a decisão da Web Summit de cancelar o convite feito a Marine Le Pen, líder da extrema-direita francesa, mas apontou o dedo ao Governo e à CML.

ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

O Bloco de Esquerda saudou esta quarta-feira a decisão da Web Summit de retirar o convite à líder francesa de extrema-direita, Marine Le Pen, defendendo que seria importante uma posição do Governo e da Câmara Municipal de Lisboa.

É a decisão mais acertada, também considerando as pressões que foram feitas e a própria pressão social que existiu relativamente ao convite que tinha sido feito à Marine Le Pen” para participar na Web Summit, disse à agência Lusa a deputada e dirigente do BE Isabel Pires.

No entanto, “apesar de saudarmos esta decisão, a única incógnita que se mantém é de facto [que] o Governo e a Câmara Municipal de Lisboa não tiveram uma única palavra sobre o assunto e isso lamentamos”, acrescentou. Para Isabel Pires, “seria importante haver uma tomada de posição considerando que existem dinheiros públicos nesta organização”.

A declaração do organizador retirando o convite a Marine Le Pen “denota que assumiram o erro e não tinham talvez noção da importância que teria este convite”, referiu ainda a deputada do Bloco de Esquerda. O presidente executivo da Web Summit, o irlandês Paddy Cosgrave, anunciou esta quarta, no Twitter, que decidiu retirar o convite à líder da extrema-direita francesa para estar presente em novembro na iniciativa, que vai realizar-se em Portugal pela terceira vez.

O convite para Marine Le Pen se deslocar a Lisboa para participar no evento tecnológico originou uma polémica, com a SOS Racismo a exigir, na segunda-feira, que as entidades ligadas à organização da Web Summit tomassem uma posição pública, seguida por posição semelhante do Bloco de Esquerda, na terça-feira.

Cosgrave reagiu num primeiro momento explicando a decisão e afirmando que se o Governo português pedisse, aceitaria retirar o convite. Já hoje, o Ministério da Economia anunciou em comunicado que não tem intervenção na “seleção de oradores” do Web Summit e que valoriza a sua realização em Portugal, posição que Isabel Pires considerou insuficiente.

Numa série de tweets, Paddy Cosgrave explicou que a sua equipa, “com base nos conselhos” que recebeu e “na ampla reação online ao longo da noite”, concluiu que a presença de Le Pen “é desrespeitosa em particular para o país anfitrião” e “para alguns entre as dezenas de milhares de participantes” de todo o mundo que acorrem ao evento tecnológico e de inovação.

Cosgrave frisou que “a questão do ódio, liberdade de expressão e plataformas tecnológicas é decisiva em 2018”, pelo que a Web Summit “vai redobrar esforços para abordar esta difícil questão com mais cuidado”.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)