Mundo

Ex-presidente do Equador terá pedido asilo político na Bélgica na sequência do caso Balda

O ex-presidente do Equador, Rafael Correa, pediu asilo político à Bélgica em junho, dias antes de o seu país ter emitido ordem de detenção por alegado envolvimento no rapto de Fernando Balda.

Rafael Correa, citado pela AFP, diz-se vítima de perseguição política

AFP/Getty Images

A AFP avançou, esta quinta-feira, que o ex-presidente do Equador, Rafael Correa, solicitou asilo político às autoridades da Bélgica em junho passado, dias antes de a justiça do seu país ter emitido uma ordem de prisão para o deter. Correa foi acusado de orquestrar um rapto ao seu adversário político Fernando Balda, em 2012, e refugiou-se na Bélgica, onde mora com a família desde 2017.

Esta solicitação foi conhecida horas depois de o ex-presidente ter sido chamado pela justiça equatoriana para prestar declarações sobre o seu suposto envolvimento no caso.

Na audiência, que durou três horas, Correa negou qualquer implicação no caso e acusou o seu vice-presidente e atual chefe de estado, Lenín Moreno, de orquestrar um complô contra si.

Entrevistado pela AFP, Correa reiterou ser vítima de perseguição política. “Como não podem nos derrotar nas urnas, procuram de derrotar com essas desculpas tremendamente graves. É uma perseguição política”, referiu.

De acordo com o jornal El Comercio, a solicitação de asilo terá acontecido a 25 de junho e as autoridades belgas estarão a analisar o pedido desde agosto. Ainda de acordo com a publicação, Correa já foi chamado para defender o pedido de asilo no final do último verão. 

Na Bélgica, país onde realizou parte dos seus estudos universitários e de onde é originária a sua mulher, há dois tipos de proteção internacional: estatuto de refugiado ou “proteção subsidiária”, avança ainda a mesma publicação. O último dos tipo de asilo é atribuído a pessoas cujo regresso ao seu país de origem representa um risco real de danos graves.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mbeu@observador.pt
Descobrimentos

Uma lança em África /premium

P. Gonçalo Portocarrero de Almada

Neste tempo, em que muitos se orgulham do que os deveria envergonhar, também há quem se envergonhe das glórias da história de Portugal.

Política

Precisamos da Esquerda

António Pedro Barreiro

Na guerra cultural em curso, a nova Esquerda esqueceu o povo e assumiu a defesa da excentricidade das elites. Eu, que não sou de Esquerda, acho que uma outra Esquerda faz falta ao sistema político.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)