O Príncipe Carlos, herdeiro do trono, garante que tem a consciência de que o seu papel enquanto soberano e herdeiro será diferente e, por isso, irá mudar o seu comportamento. “Não sou assim tão estúpido”, é uma das declarações mais fortes que o príncipe britânico faz à BBC, num documentário que estreia esta quinta-feira, às 21h00, para assinalar o seu 70.º aniversário.

De forma a acabar com as preocupações de que será um rei “intrometido” ou até ativista, o Príncipe Carlos afirma que tem a plena noção de que irá desempenhar um papel totalmente diferente e que vai tentar, como sempre tentou, ser um político não-partidário, sublinhando: “É vital recordar que apenas há espaço para um soberano de cada vez. Não dois.”.

Não podes ser o mesmo que o rei se és o Príncipe de Gales ou o herdeiro. Mas a ideia de que de alguma forma vou ser exatamente da mesma forma (…) não faz sentido nenhum porque são duas situações completamente diferentes”, afirma o Príncipe Carlos no documentário.

Carlos tem sido alvo de muitas críticas nos últimos face à sua campanha em questões como o cultivo de produtos geneticamente modificados, a medicina integrada ou as mudanças climáticas. Contudo, é no documentário intitulado “Prince, Son and Heir, Charles at 70” (Príncipe, Filho e Herdeiro, Carlos aos 70) que o filho de Isabel II garante que, enquanto rei, não vai fazer as mesmas coisas que fez como herdeiro.