Manuais Escolares

Livrarias ameaçam boicote dos manuais escolares em 2019 por falta de pagamento

169

A falta de pagamento dos manuais escolares leva a que donos de livrarias queiram aderir a boicote no próximo ano letivo. Ministério terá começado a transferir verbas para as escolas desde setembro.

FILIPE FARINHA/LUSA

Passaram dois meses desde o início do ano letivo e ainda há livrarias que não receberam o pagamento dos manuais escolares, cuja responsabilidade está incumbida às escolas, consoante as verbas transferidas pelo Ministério da Educação. O sistema é complexo e demorado, levando a que muitas das superfícies que venderam manuais este ano o queiram boicotar, no próximo ano.

Desse modo, o alargamento da medida que permite acesso gratuito a manuais escolares até ao 12º ano poderá ser posta em causa e haverão cerca de 1,2 milhões de alunos aos quais não será facultada essa regalia.

O JN (no epaper) avança que há já quem tenha recorrido à Banca para suportar os custos que o atraso do pagamento, por parte das escolas, está a trazer aos seus negócios, embora o Ministério da Educação garanta que as escolas estão a receber as verbas e que o processo se concluirá sem que haja mais prejuízo para os vendedores de manuais.

“As transferências para as escolas tiveram início em setembro, de acordo com as verbas que foram sendo solicitadas pelas escolas para fazerem os pagamentos às livrarias”, afirmou o Ministério da Educação ao JN, garantindo que já foi assegurada “uma transferência substantiva de verba”.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Governo

Nunca haverá impostos que cheguem /premium

Helena Garrido
398

Manuais escolares e descentralização, ou como o Estado vai aumentando a despesa pública. São medidas que trazem custos certos e benefícios incertos ou nulos. Com a descentralização podemos até piorar.

Ensino Superior

As propinas: uma história muito mal contada

Jose Bento da Silva

A questão não são as propinas. Isso é de fácil resolução. O desafio é: qual o modelo de gestão que queremos para as nossas universidades? O modelo atual não passa de um circo pago pelos contribuintes.

Ensino Superior

As propinas: uma história muito mal contada

Jose Bento da Silva

A questão não são as propinas. Isso é de fácil resolução. O desafio é: qual o modelo de gestão que queremos para as nossas universidades? O modelo atual não passa de um circo pago pelos contribuintes.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)