Zimbabué

Autoridades sul-africanas emitem mandato para prender Grace Mugabe

Gabrielle Engels acusa a ex-primeira dama de a ter agredido violentamente com uma extensão elétrica num hotel em Joanesburgo. A Interpol ajudará no processo de detenção.

AFP/Getty Images

Grace Mugabe, a ex-Primeira Dama do Zimbabué, foi alvo de um mandato de prisão, emitido pela polícia sul-africana, no seguimento de uma alegada agressão num hotel em Joanesburgo. De acordo com o que o The Guardian noticia, a modelo Gabriella Engels acusou Mugabe de a “espancar violentamente” com uma extensão elétrica.

A alegada agressão decorreu num quarto do hotel Capital 20 West, no distrito de Sandton, e foi tornada pública em agosto de 2017, altura em que o governo local decidiu conceder imunidade diplomática a Grace Mugabe. Ainda este ano, os tribunais decidiram dar razão a Engels depois da modelo ter recorrido à justiça para ver removida essa imunidade.

“Confirmo que foi emitido na passada quinta-feira um mandato para a prisão de Grace Mugabe”, afirmou Vishnu Naidoo, o porta-voz da polícia sul-africana. Naidoo afirmou ainda que foi pedida ajuda à Interpol para capturar a antiga primeira-dama. Até agora, Harare ainda não formalizou qualquer posição sobre o assunto.

Com 53 anos, Grace Mugabe é vista como uma das mais prováveis sucessoras do seu marido, Robert Mugabe, que governou o Zimbabué ininterruptamente de 1980 até ao ano passado, altura em que foi destituído após um golpe de estado.

A acusada nega completamente ter tido o comportamento violento descrito por Engels e afirma ainda que foi a própria queixosa que, num estado de “embriaguez e loucura”, a terá tentado atacar com uma faca, depois de se ter deslocado ao hotel em questão para visitar o filho dos Mugabe. A firma de advogados sul-africana AfriForum, que representa Engels, acusa Grace de ter mentido.

Depois do golpe de estado, Grace afastou-se da vida pública. As eleições do passado mês de agosto foram ganhas por Emmerson Mnangagwa, o antigo braço direito de Robert Mugabe e atual líder do partido Zanu-PF.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: dlopes@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)