Rádio Observador

Cinema

Filme de Joaquim Pavão premiado em Nova Iorque

625

O filme "Antes que a noite venha - Falas de Antígona" foi galardoado com quatros distinções no "Red Carpet Film Awards", em Nova Iorque. Venceu na categoria de melhor atriz e melhor cinematografia.

O filme "Antes que a noite venha -- Falas de Antígona" foi ainda distinguido como melhor desenho de som e melhor música

OLE SPATA/EPA

O filme “Antes que a noite venha – Falas de Antígona”, que Joaquim Pavão realizou durante o “Creative Film Workshops”, do Festival Internacional de Cinema AVANCA, conquistou quatro galardões nos “Red Carpet Film Awards”, em Nova Iorque. Segundo um comunicado do Cine-Clube de Avanca, o filme foi distinguido neste evento norte-americano com os prémios melhor atriz (Isabel Fernandes Pinto) e melhor cinematografia (José Oliveira). Ambos os prémios foram atribuídos na categoria de curta metragem.

Este foi o segundo prémio que Isabel Fernandes Pinto recebeu como protagonista deste filme. No passado mês de setembro, a atriz foi distinguida com o prémio melhor atriz nos “3rd European Cinematography Awards (ECA)”, que decorreram em Warsaw, na Polónia. Nestes prémios, o filme “Antes que a noite venha — Falas de Antígona” foi ainda distinguido como melhor desenho de som e melhor música.

O diretor de fotografia José Oliveira, vencedor com este filme dos prémios “AIP Cinema 2018” para melhor direção de fotografia curta metragem, foi igualmente nomeado para o prémio melhor fotografia, nos prémios americanos do “AltFF Alternative Film Festival 2018”, tendo sido o vencedor na sua categoria, nos prémios ingleses “Falcon International Film Festival”.

Neste evento inglês, o filme de Joaquim Pavão foi ainda vencedor do prémio melhor curta metragem e melhor realizador. Anteriormente o filme tinha sido nomeado para os prémios Sophia na categoria de curta metragem de ficção. Baseado na obra “Antes que a noite venha” de Eduarda Dionísio, este filme foi objeto de adaptação por Isabel Fernandes Pinto e Rui Pena, que protagonizam o filme conjuntamente com o coreografo Claudinei Garcia.

O realizador Joaquim Pavão é também autor da música e montagem do filme, com produção de António Costa Valente, envolvendo a Fugir Do Medo, Filmógrafo e o Cine-Clube de Avanca. Entretanto, Joaquim Pavão está a rodar um novo filme com curadoria de Álvaro Moreira e no contexto do Museu Internacional de Escultura de Santo Tirso.

O 22.º Festival Internacional de Cinema AVANCA 2018 decorreu entre os dias 25 a 29 de julho, em Estarreja, Aveiro, contando com a participação de 54 filmes, incluindo 18 estreias mundiais. Organizado pelo Cine Clube de Avanca e pelo município de Estarreja, o festival contou com o apoio do Instituto do Cinema e do Audiovisual, do Ministério da Cultura, do Instituto Português do Desporto e da Juventude e Região de Turismo do Centro, entre outras entidades.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)