O avião privado que transportava o antigo avançado argentino do FC Nantes, Emiliano Sala, desapareceu esta segunda-feira dos radares no Canal da Mancha, avançou a agência France Presse junto de fontes policiais. O jogador de 28 anos viajava de Nantes, em França, para Cardiff, no País de Gales, onde iria começar a jogar pelo seu novo clube.

De acordo com o L’Équipe, o jogador dirigia-se para Cardiff para começar os treinos com o seu mais recente clube, Cardiff City, da Premier League, e deveria ter chegado às 22 horas locais desta segunda-feira. O último contacto feito terá sido por volta das 20 horas e as equipas de resgate aéreo e em mar já foram ativadas. No local encontram-se dois helicópteros, dois aviões e um barco salva-vidas.

Segundo as autoridades francesas, o avião levava a bordo duas pessoas e as buscas foram interrompidas durante a noite e retomadas na manhã desta terça-feira. Inicialmente não foi confirmada a identidade de quem seguia a bordo do avião, mas a polícia francesa confirmou que Sala era um dos passageiros.

“O avião partiu de Nantes às 19h15 e voava a cerca de 1.500 metros de altitude. Quando passava sobre Guernsey pediu para baixar. A torre de controlo de Jersey perdeu o contacto com o avião quando este estava a uns 700 metros de altitude”, disse uma fonte policial, acrescentando que as buscas tiveram de ser interrompidas por volta das 2h da manhã devido “aos ventos fortes, condições do mar adversas e fraca visibilidade”.

O local onde o avião perdeu o contacto

O instituto de meteorologia britânico, entranto, disse em declarações à BBC que as condições climatéricas em que o avião viajava não eram adversas. “Havia alguma chuva, mas nada muito intenso. E a velocidade do vento também não era má, entre 25 a 30 quilómetros por hora”, acrescentou o instituto. A polícia de Guernsey confirmou numa publicação no Twitter que já está a decorrer “uma operação de busca e resgate” a norte da ilha de Alderney, no Canal da Mancha, na sequência do “desaparecimento de uma aeronave” e falou também nas condições meteorológicas das buscas.

O avançado argentino foi anunciado este sábado como o novo reforço do Cardiff, num negócio que rendeu 17 milhões de euros ao clube francês, onde estava desde 2015 e chegou a ser orientado por Sérgio Conceição na época de 2016/17. Emiliano Sala era o terceiro melhor marcador da Liga Francesa e começou a sua carreira profissional no FC Crato, de Portalegre.

Os responsáveis do Cardiff City disseram esta terça-feira que estão “muito preocupados” com o desaparecimento da aeronave. Mehmet Dalman, diretor executivo do clube, também já se pronunciou: “Estamos consternados com as notícias do avião com o qual se perdeu contacto no Canal da Mancha. Esperamos a confirmação antes de fornecer mais dados. Estamos muito preocupados com a segurança de Emiliano Sala”.

Na última publicação que fez no Twitter, o argentino colocou uma fotografia com a equipa do FC Nantes, naquele que foi o seu último jogo com os franceses. “A última. Ciao FC Nantes”, escreveu na legenda da imagem.

Jogo da taça francesa e treino do Cardiff cancelados

Face ao desaparecimento de Emiliano Sala, a Federação Francesa de Futebol (FFF) decidiu adiar o jogo dos 16-avos-de-final da Taça entre o Nantes e o Entente SSG, avançou o L’Equipe. A partida estava agendada para esta terça-feira às 17h30.

Em declarações à imprensa inglesa, o chefe de operações da Channel Island Air Search, John Fitzgerald, afirmou que não acredita na possibilidade de sobrevivência dos dois ocupantes do avião privada. “Tenho a certeza que algo acabará por ser encontrado. Pessoalmente, e falo apenas por mim, não acho que exista qualquer possibilidade de eles ainda estarem vivos a esta hora. Se tivessem desembarcado em algum sítio monitorizado, as autoridades do tráfego aéreo teriam sido informadas”.

O Cardiff City também já emitiu um comunicado onde refere que o clube está “muito chocado com as notícias” e que Emiliano teria o primeiro treino com a equipa esta terça-feira. “Tomamos a decisão logo esta manhã de cancelar o treino”, acrescentou o clube.

“Um grande jogador, um homem enorme. Alguém que dá tudo, no campo como na vida. Incrível dedicação e determinação. Se milagres existem, eu pedia um agora. O meu coração, os meus pensamentos estão contigo, com a tua família e a família de Nantes”, escreveu Sérgio Conceição no Twitter.