Nancy Pelosi, líder da Casa dos Representantes, convidou Donald Trump a fazer o discurso do Estado da União no próximo dia 5 de fevereiro. O discurso anual, a acontecer no Congresso, estava marcado para o dia 29 de janeiro, mas Pelosi sugeriu que o presidente dos EUA adiasse o momento para depois do shutdown do governo norte-americano.

Escreve o Washington Post que, em reação, Trump cancelou uma viagem de Pelosi (e de outros membros da Casa dos Representantes) com destino ao Afeganistão. Depois de algumas indecisões e troca de cartas entre os dois intervenientes, Pelosi colocou uma data fixa em cima da mesa: 5 de fevereiro.

EUA.Trump planeia fazer discurso do Estado da União. Pelosi não o permite

“Quando lhe escrevi a 23 de janeiro, afirmei que deveríamos trabalhar juntos para encontrar uma data mutuamente aceitável quando o governo reabrisse para agendar o discurso do Estado da União deste ano”, escreveu Pelosi numa carta enviada a Trump esta segunda-feira. “Na nossa conversa de hoje concordámos com 5 de fevereiro.”

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Depois de divulgada a carta escrita por Pelosi, Sarah Sanders, responsável pela gestão da comunicação da Casa Branca, disse que Donald Trump está “ansioso por falar ao povo norte-americano”.