Rádio Observador

Empresas

Pharol subscreve mais de 127 milhões de ações no âmbito do aumento de capital da Oi

O acordo celebrado no âmbito do aumento do capital social da Oi prevê ainda a entrega futura de 33,8 milhões de ações existentes na tesouraria da operadora brasileira.

A operadora brasileira Oi concluiu o aumento de capital de 4 mil milhões de reais, previsto no plano de recuperação judicial em curso

MARCELO SAYAO/EPA

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

A Pharol, acionista da Oi, subscreveu mais de 127 milhões de ações no âmbito do aumento do capital social da operadora brasileira, foi esta segunda-feira comunicado ao mercado. “A Pharol informa que subscreveu 127.548.955 novas ações no âmbito do aumento do capital social da Oi cujos valores finais foram divulgados hoje”, lê-se no comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

De acordo com a informação remetida ao mercado, nos termos do acordo celebrado entre a Pharol e a Oi, a operadora brasileira realizou o pagamento de 25 milhões de euros, o que permitiu a subscrição de 85.721.744 novas ações. Por sua vez, a Pharol, com recurso a fundos próprios, subscreveu ainda 41.827.181 novas ações. O acordo celebrado prevê ainda a entrega futura de 33,8 milhões de ações existentes na tesouraria da Oi.

“A somar às 166.710.904 ações detidas anteriormente, caso o acordo seja homologado e estas operações venham a produzir efeitos, a Pharol passará a ser titular de 328.059.859 ações representativas de 5,51% do capital social da Oi.

A operadora brasileira Oi anunciou esta segunda-feira que concluiu o aumento de capital de 4 mil milhões de reais (cerca de 930 milhões de euros), previsto no plano de recuperação judicial em curso. Em comunicado, a empresa explicou que, no cumprimento do Plano de Recuperação Judicial, o Conselho de Administração, em reunião realizada em 21 de janeiro de 2019, decidiu aprovar a emissão de 272.148.705 novas ações ordinárias, nominativas e sem valor nominal, ao preço de emissão de 1,24 reais (0,288 euros) por ação.

Na sequência da subscrição das novas ações ordinárias emitidas no aumento de capital, e da subscrição da totalidade das novas ações ordinárias emitidas no aumento de capital — Novos Recursos, o capital social da Companhia passou a ser de 32,5 mil milhões de reais, dividido em 5.954.205.001 ações, sendo 5.796.477.760 ordinárias e 157.727.241 ações preferenciais, “todas nominativas e sem valor nominal”.

O aumento de capital foi realizado por meio da emissão de 272.148.705 novas ações ordinárias, nominativas e sem valor nominal, sob a forma de American Depositary Shares representativos de ações ordinárias, na forma prevista o plano.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)