A Citroën continua com uma magia muito especial em termos de design, sendo tradicionalmente a mais irreverente da PSA. A prova está no Ami One Concept, o curioso – estranho na opinião de muitos – protótipo que se prepara para revelar no próximo Salão de Genebra, destinado a comemorar os 100 da marca. Com apenas 2,5 metros de comprimento, 1,5 m de largura e outro tanto de altura, o Ami One retoma uma designação com história na marca, mas muda por completo de filosofia.

12 fotos

Com apenas lugar para dois adultos, o novo protótipo é definido pela marca como uma solução de mobilidade indicada para condutores sem licença de condução e com mais de 16 anos. O objectivo é oferecer uma alternativa às bicicletas e scooters (trotinetas) eléctricas, para quem está menos à vontade nas duas rodas, mas igualmente para quem busca uma solução que lhe permita circular nas cidades, sem recorrer ao transporte público.

Limitado a 45 km/h de velocidade máxima, para poder ser conduzido por quem não tem (ou não pode ter) licença para tal, o Ami One Concept tem baterias que lhe asseguram uma autonomia de 100 km, sem que o fabricante revele a capacidade dos acumuladores. Que obviamente não necessitam de ser muito generosos, uma vez que a velocidade máxima é baixa e o peso também (425 kg).

5 fotos

Outro dos trunfos do Ami One é poder ser controlado através de uma aplicação, tanto para destrancar – através da leitura de um código QR – como para pôr em funcionamento, o que deixa antever a sua utilização em car-sharing ou outra forma de aluguer, com o veículo a estar disponível para ser cedido durante períodos que vão dos cinco minutos a cinco dias, não sendo impossível alugá-lo em condições mais vantajosas durante cinco meses ou até cinco anos.