Rádio Observador

Facebook

Facebook perde número 3 da hierarquia e o responsável pelo Whatsapp

Mark Zuckerberg anunciou que Chris Cox e Chris Daniels demitiram-se na sequência das alterações que podem ser implementadas no Facebook.

Mark Zuckerber, dono da rede social Facebook

Getty Images

Mark Zuckerberg, o máximo responsável do Facebook, anunciou na noite desta quinta-feira que a empresa perdeu dois altos quadros. Chris Cox, o número três da hierarquia e administrador responsável pelo produto do Facebook, e Chris Daniels, responsável pelo Whatsapp, demitiram-se na sequência das alterações que Zuckerberg quer implementar. O fundador do Faceboook tem insistido que quer que a rede social seja uma plataforma focada e orientada sobretudo para a privacidade dos utilizadores, depois de todas as polémicas originadas pela partilha de dados dos utilizadores quando o caso Cambridge Analytica foi tornado público.

Chris Cox já trabalhava há mais de uma década com Mark Zuckerberg. Começou como engenheiro, construiu as primeiras equipas de recursos humanos, liderou as equipas de produto e design na condução da aplicação móvel do Facebook e estava a supervisionar a estratégias para as restantes aplicações do grupo. “Vou sentir muita falta do Chris, mas estou profundamente agradecido por tudo o que fez para construir este lugar e servir a nossa comunidade”, escreveu Zuckerberg.

Já Chris Daniels, para além de chefiar a equipa responsável pelo Whastapp, foi responsável pela condução da equipa de desenvolvimento de negócios e que “ajudou a que mais de 100 milhões de pessoas tivessem acesso à internet”. “Gostei muito de trabalhar com o Chris [Daniels] e tenho a certeza de que vai fazer um ótimo trabalho naquilo que escolher a seguir”, disse Mark Zuckerberg.

O fundador do Facebook não deixou os lugares vazios durante muito tempo. Na mesma nota, anunciou que a aplicação móvel do Facebook vai ser liderada por Fidji Simo, que já integrava a equipa. Já o Whatsapp vai estar sob a alçada de Will Cathcart que integrava a equipa da aplicação móvel.

Esta notícia surge na sequência do maior apagão de sempre da história do Facebook. A rede social, o Messenger, o Instagram e o Whatsapp estiveram intermitentes durante um dia, originando uma corrida a aplicações concorrentes.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Privacidade

Gratuito é mentira

João Nuno Vilaça
150

Que estamos a ceder em troca destas aplicações e serviços gratuitos? A nossa alma? Quase. Estamos a ceder os nossos dados, que são extremamente valiosos e pessoais. São o recurso mais valioso do mundo

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)