Daqui a perto de uma semana, na terça-feira, dia 2 de abril, o renovado Cineteatro Capitólio do Parque Mayer, em Lisboa, vai ser palco de um dos grandes eventos culturais solidários de apoio a Moçambique. “Mão Dada a Moçambique”, espetáculo idealizado e organizado pela cantora nascida em Moçambique e residente em Portugal Selma Uamusse, vai juntar mais de 40 artistas e será transmitido na RTP1 e Antena 1.

As verbas angariadas no espetáculo serão distribuídos equitativamente por associações escolhidas pela organizadora, perante a evidência da impossibilidade de “apoiar a totalidade de organizações, pessoas e instituições que estão na zona centro de Moçambique a tentar, em contra-relógio, debelar a catástrofe humanitária em curso, resultante da passagem do ciclone Idai”, informa a descrição do evento.

As associações beneficiárias “serão a AMI – Fundação de Assistência Médica Internacional; Cáritas Portuguesa; Cruz Vermelha Portuguesa; Médicos Sem Fronteiras; Associação HELPO; Fundação Girl Move, a ACRAS — associação cristã de re-inserção e apoio social e a Iris Relief”, lê-se ainda no texto de apresentação oficial de “Mão Dada a Moçambique”. Para receberem as verbas angariadas no concerto, as associações comprometeram-se a assinar uma “carta de compromisso pública, que garante a transparência e monitorização das verbas angariadas por um auditor de contas independente”.

O concerto, agendado para as 21h, encerrará um dia de emissões dedicadas a Moçambique por parte da RTP, que além de transmitir o espetáculo terá desde as 10h linhas telefónicas abertas para chamadas de valor acrescentado solidárias, “assim como o call center, destinado a assistir e esclarecer pessoas que estão fora de Portugal e/ou queiram doar um valor superior”.

2 DE ABRIL / CAPITÓLIO / 21HMais de 40 artistas, nacionais e internacionais, vão contribuir com a sua voz e presença…

Posted by Selma Tito on Sunday, March 24, 2019

A lista de artistas com atuação confirmada neste concerto solidário já foi divulgada. Estarão presentes, entre outros, a fadista Ana Moura, o guitarrista e cantor Benjamim, a banda Best Youth, a fadista Celina da Piedade, o vencedor recente do Festival da Canção Conan Osiris, a cantora Cristina Branco, o músico de ascendência cabo-verdiana Dino D’Santiago, a fadista Gisela João e o cantor Héber Marques.

Também atuarão Luísa Sobral, Márcia, Maria João, Matay, Moullinex, Noiserv, Paulo Flores, Rita Redshoes, Rodrigo Leão, Salvador Sobral, Samuel Úria, Surma, Tatanka e The Legendary Tigerman. A lista total de artistas confirmados pode ver vista aqui.

A fadista Ana Moura vai atuar no concerto (@ Filipe Ferreira)

Cada artista irá interpretar “um ou dois temas, a solo ou acompanhados por outros artistas, em formato acústico”. Haverão dois tipos de bilhetes: um bilhete normal com custo de 20 euros e um bilhete-donativo com custo de 20 a 30 euros, que não dará acesso ao espetáculo e destina-se apenas “a pessoas, famílias, empresas e organizações, nacionais ou internacionais que, não querendo ou [não] podendo assistir ao espetáculo, pretendem contribuir”.

Para reforçar a angariação de verbas junto do público presente no Capitólio, “será vendida a edição especial da Visão ‘Moçambique no Coração’, com preço de capa a 2,5€, cuja totalidade das verbas será doada à missão da Cruz Vermelha em Moçambique”, refere a informação oficial do evento.