Hélio Pestana foi internado compulsivamente, há cerca de uma semana, no Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa (Hospital Júlio de Mato), avança o Correio da Manhã. O ator estava a ser vigiado pela secção de Homicídios da Polícia Judiciária de Lisboa após ter perseguido e ameaçado de morte uma professora de dança.

A vítima terá mudado de local de trabalho, sendo assediada diariamente, durante vários meses, à porta de casa e à entrada para o emprego. O caso está a ser avaliado pelo Ministério Público mesmo após o internamento de Hélio Batista, feito por escolha da família do ator.

Conhecido por representar Henrique Batista na série “Morangos com Açúcar”, na segunda temporada da série, em 2003/04, Hélio Pestana já tinha sido internado na ala psiquiátrica do Hospital de Santa Maria, em 2013. Recuperava na altura de um episódio depressivo profundo causado, segundo a mesma publicação, por um desgosto amoroso.