O diretor-geral da Organização Internacional das Migrações (OIM), António Vitorino, é o principal orador da sexta edição do Fórum Luso-Alemão, dedicado este ano às migrações internacionais.

A iniciativa, sob o tema “Perspetivas das Migrações: Ação política e participação cívica” e organizada pelos ministérios dos Negócios Estrangeiros português e alemão, Academia Europeia de Berlim, Escola de Sociologia e Políticas Públicas do ISCTE-IUL e Observatório da Emigração, conta com a participação de especialistas nacionais e internacionais na área das migrações.

Além da intervenção de António Vitorino, a conferência realizar-se-á em dois painéis: O Desafio Global e A Resposta Europeia.

No primeiro painel, sobre o desafio global colocado pelas migrações, participam Francesco Vacchiano, do Instituto de Ciências Sociais, Irena Vojackova-Sollorano, coordenadora-residente das Nações Unidas na Turquia, e Michelle Amedeo, da Comissão Europeia.

Lucinda Fonseca, do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, João Peixoto, da Lisbon School of Economics and Management e o embaixador Thomas Ossowski, representante especial para as políticas da UE, do Ministério dos Negócios Estrangeiros alemão, preenchem o segundo painel, dedicado à resposta europeia à questão das migrações.

O programa da conferência inclui ainda uma troca de experiências luso-alemã quanto à resposta da sociedade civil nas migrações, em que participam Vasco Malta, do Alto Comissariado para as Migrações, Dina Moreira, assessora da Câmara Municipal da Amadora, pelo lado português, e Andreas Buttner, secretário de Estado do Ministério do Trabalho, Assuntos Sociais e Saúde, Mulher e Família, do Estado de Brandenburgo, e Hatice Akyun, jornalista, pelo lado alemão.

O encerramento será feito pela secretária de Estado dos Assuntos Europeus, Ana Paula Zacarias, pelo embaixador da Alemanha, Christof Weil, e pela vice-reitora para a Internacionalização do ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa, Maria das Dores Guerreiro.