Rádio Observador

Neymar

Neymar nega acusação de violação e divulga mensagens íntimas: “Foi uma armadilha”

169

Neymar foi acusado em São Paulo por uma mulher que diz que o futebolista a violou em Paris em maio. Alegada vítima diz que jogador lhe pagou viagem para França depois de se conhecerem no Instagram.

Neymar da Silva Santos Júnior tem 27 anos e joga no Paris Saint-Germain e na seleção brasileira

YOAN VALAT/EPA

Neymar Júnior, jogador de futebol no Paris Saint-Germain, foi acusado em São Paulo, no Brasil, por uma mulher que diz que o futebolista a violou, avançou este sábado o jornal desportivo brasileiro UOL Esportes. Segundo o documento da ocorrência, Neymar e a alegada vítima, cuja identidade não é revelada, conheceram-se no Instagram e o desportista pagou uma viagem para esta ir a Paris onde, a 15 de maio, foi violada.

Este domingo, através de um vídeo publicado no Instagram, o jogador negou as acusações: “Estou sendo acusado de violação. É uma palavra pesada, muito forte, mas é o que está acontecendo no momento. Apanhou-me de surpresa. Foi uma armadilha e caí nela”, disse. Na mesma publicação, o jogador brasileiro divulga as imagens das conversas de WhatsApp com a alegada vítima.

“Foi totalmente o contrário do que falam. Vou expor tudo”, diz Neymar na publicação de Instagram que intitulou de: “Por motivo de extorsão estou sendo obrigado a expor minha vida e família…”. “É necessário expor para provar que realmente não aconteceu nada demais”, justifica ainda o futebolista. “O que aconteceu num dia foi uma relação entre homem e mulher, dentro de quatro paredes. No dia seguinte continuámos trocando mensagens”, refere também. “Foi armadilha. É muito ruim, é muito triste. Isto não só magoou a mim como magoa a minha minha família. Denigre a minha imagem”, defendeu-se.

Nos últimos três minutos do vídeo o jogador brasileiro mostra as mensagens de WhatsApp — com data desde o início de março — trocadas com a mulher que o acusa de a ter violado. O conteúdo, bastante explícito e com imagens reveladoras enviadas pela alegada vítima, mostra que os dois teriam já um relacionamento amoroso por mensagens. O jogador continua a manter em segredo a identidade da mulher que o acusa, apesar de haver fotografias na troca de mensagens com a cara da alegada vítima parcialmente visível.

A mulher e Neymar tiveram conversas pela aplicação de partilha de mensagens WhatsApp e, através de um amigo do futebolista, esta terá recebido o bilhete da viagem para Paris para o conhecer. No documento da acusação lê-se que Neymar chegou ao hotel Sofitel Paris Arc Du Triomphe, pelas 20h00 e estava bêbado. A alegada vítima afirma que ainda “trocaram carícias”, mas diz que o futebolista ficou violento e violou-a.

Nas mensagens partilhadas por Neymar, o jogador escreve no dia do alegado incidente, na altura em que estaria a ir para o hotel para estarem juntos pela primeira vez, às 16h00, que já estava “meio bêbado”. A troca de mensagens foi a que pode ver na imagem seguinte:

Segundo as mensagens divulgadas pelo futebolista, no dia seguinte à alegada violação o jogador e a mulher falaram normalmente, e foi-lhe pedido que arranjasse “uma coisa” para levar para o filho da brasileira.

Depois da situação, a alegada vítima terá voltado ao Brasil a 17 de maio. Na ocorrência divulgada é referido que a mulher tinha medo de comunicar a ocorrência e que estava “abalada emocionalmente”.

A 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, em Santo Amaro, em São Paulo, confirmou a existência desta ocorrência. As autoridades brasileiras afirmam que vão adiantar “mais informações” futuramente e que “o inquérito policial” vai seguir “em sigilo”.

O jogador de futebol está no Brasil, pelo menos, desde 25 de maio, altura em que se apresentou nos treinos da seleção do país. Neymar joga no Paris Saint-Germain como avançado desde 5 de agosto de 2017. Antes, jogou no clube espanhol Barcelona e no brasileiro Santos. É um dos jogadores de futebol mais conceituados em todo o mundo e já foi finalista de grandes galardões da modalidade — Bola de Ouro da FIFA e a Bola de Ouro.

[Em atualização]

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros de órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mmachado@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)