Rádio Observador

Partidos e Movimentos

O PS diz: #cumprimos. A Iniciativa Liberal responde: #com primos?

10.517

A Iniciativa Liberal publicou nas redes sociais fotos de um cartaz no qual contesta a campanha "#cumprimos", do PS, e faz alusão ao "familygate": "#com primos e outros familiares no governo".

Mesmo a exatos dois meses da eleição -- que acontece a 6 de outubro -- as campanhas, que não arrancaram oficialmente, já começaram a dar o "ar da graça"

O partido Iniciativa Liberal (IL) publicou nesta terça-feira na rede social Facebook uma foto de um cartaz ao lado do partido ao lado de um cartaz  do Partido Socialista, mas em vez de reproduzir o “#cumprimos”, optou por incluir “#com primos e outros familiares no governo”, noticiou o Expresso. Mesmo a dois meses das eleições legislativas — que acontece a 6 de outubro — as campanhas, que não arrancaram oficialmente, já começaram a dar o “ar da sua graça”.

Em questão está o cartaz do PS, que definiu como slogan a expressão “#cumprimos”, no qual apresenta números positivos sobre o período de Governo, ao lado de uma foto de António Costa. Já a Iniciativa Liberal decidiu fazer alusão ao “familygate” —  as várias notícias que têm surgido sobre as relações familiares diretas e indiretas entre membros do Executivo. O IL repetiu a fórmula visual do cartaz do PS e fez uma pequena mudança: agora lê-se “#com primos e outros familiares no governo” na cabeça do cartaz e, abaixo disto, três índices que suscitam, de acordo com a opinião do partido, as falhas do mandato socialista.

(Subscreve os nossos conteúdos Whatsapp enviando SUBSCREVER para o 920 563 111)A partir de hoje na Circunvalação à…

Posted by Iniciativa Liberal on Tuesday, August 6, 2019

São 350 mil novos empregos e 89% de contratos sem termo, apresentados pelo cartaz do PS, contra 539.921 hectares de área ardida, 2.600 mortes de doentes na lista de espera do SNS e mais 6 mil milhões cobrados em impostos, apresentados pelo cartaz.

O Iniciativa Liberal ainda faz um apelo final: “Liberta-te do socialismo”. Falta esperarmos pelas cenas dos próximos cartazes.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Eleições Legislativas

Afluir de Rio em Costa instável

Gonçalo Sobral Martins

O líder do PSD fez ver que Portugal não soube aproveitar uma conjuntura externa extraordinária: apesar dos juros do BCE e do crescimento económico da zona-euro, nada melhorou substancialmente.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)