Rádio Observador

Rolling Stones

Os Rolling Stones chegaram a Marte. NASA batiza pedra de “Rolling Stones Rock”

A pedra "rolante" percorreu a maior distância já observada pela NASA, cerca de um metro, logo depois de um módulo da agência espacial aterrar em Marte numa missão para explorar o núcleo do planeta.

A pedra que tem dimensões um pouco maiores que uma bola de golf, chegou a percorrer um metro de distância em 26 de novembro de 2018 e deixar um rastro na terra avermelhada de Marte

Ainda que não seja um nome dado oficialmente, num registo informal, o ator Robert Downey Jr. foi porta-voz do batismo informal que a tripulação da sonda InSight fez. O ator subiu ao palco antes de um concerto da banda no Rose Bowl de Pasadena, nos EUA, para anunciar que a “pedra rolante” homónima da banda de rock, passa a ser conhecida mesmo como “Rolling Stones Rock”. A 26 de novembro de 2018 durante uma aterragem da sonda InSight, a pedra deslocou-se mais ou menos um metro, deixando um sulco na superfície de Marte, o que deu origem ao nome de batismo.

A força criada pela pressão dos propulsores na aterragem fizeram com que a pedra, pouco maior que uma bola de golf tivesse percorrido a distância que, até ao momento, é a maior já vista pela NASA.

Um dos geólogos na missão disse mesmo que “apesar de já ter visto muitas rochas, esta era a mais ‘cool'”, apesar de não figurar em muitos artigos científicos.

Apesar de a atribuição de nomes oficialmente estar reservada para a União Astronómica Internacional, os cientistas que trabalham na NASA em Marte já batizaram informalmente rochas e outras formações geológicas que torna mais fácil a discussão de diferentes objetos e a sua consulta em documentos científicos. Apesar de o nome “Rolling Stones Rock” ser informal, vai aparecer nos mapas que estão a ser utilizados em Marte.

Na reação à notícia do “batismo” da pedra, a banda de rock diz que esta foi uma “maravilhosa maneira de celebrar a digressão ‘Stones no Filter'”.

“Este é definitivamente um marco na nossa história. Um grande agradecimento a todos na NASA por o terem tornado realidade”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)