Um casal afogou-se este domimho na Praia da Cova da Gala, na Figueira da Foz. Segundo o Correio da Manhã, o caso aconteceu numa zona não vigiada. A mulher foi salva ainda com vida e o homem, segundo a Lusa, foi resgatado horas depois, já sem vida.

O alerta chegou ao Centro Distrital de Operações de Socorro de Coimbra pelas 11h33. O corpo do homem só foi resgato já depois das 19h00.

Em declarações à agência Lusa, o comandante do porto da Figueira da Foz, João Lourenço, adiantou que o corpo foi detetado perto da costa por um militar da Marinha ao serviço do projeto ‘Sea Watch’, de patrulhamento da costa portuguesa, tendo depois sido resgatado com o auxílio de elementos do Instituto de Socorros a Náufragos, através de motos de água.

João Lourenço adiantou também que se trata de um homem, entre os 35 e os 40 anos, e que o corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal de Coimbra, desconhecendo-se, para já, qual a relação com a mulher que foi retirada da água com vida, no mesmo local, na sequência de um alerta dado por volta das 11h30 por causa de uma situação de pré-afogamento, e que foi encaminhada para o hospital em estado de choque.

Por causa deste alerta, estiveram no local, uma praia não vigiada localizada a 500 metros a sul da chamada praia da Orbitur, duas embarcações da Autoridade Marítima e um helicóptero da Força Aérea apoiados no areal, entre as praias da Cova e da Costa de Lavos, por meios terrestres da Polícia Marítima e de nadadores-salvadores.