Entre a versão moderna do BMW Isetta eléctrico, o Microlino, e a scooter Microletta, igualmente movida a bateria e que parece saída de um filme de desenhos animados, é complicado decidir qual o modelo ideal para circular na cidade. Em última instância, tudo depende das preferências do condutor em causa, privilegiando mais as quatro rodas ou as duas (ainda que na realidade sejam três). Sendo que bom mesmo seria poder adquirir ambos, usando o primeiro quando chove e o segundo quando faz sol…

A primeira vez que se falou do Microlino estávamos em 2018, mas à medida que o simpático modelo eléctrico se aproximava da data em que começaria a ser entregue aos clientes que o pretendiam adquirir – e foram muitos –, eis que o fabricante, a Micro-Mobility Systems, envolveu-se numa disputa em tribunal, relacionada com os direitos de produção que fez arrastar a data de saída. Com a guerra judicial aparentemente ultrapassada e o Microlino a trocar a versão inicial por outra denominada 2.0, com as duas rodas traseiras mais separadas e algumas modificações estéticas, que só o favorecem em aspecto e em estabilidade, eis que tudo indica que (finalmente) os clientes vão começar a poder receber o seu Isetta dos tempos modernos.

Com o Microlino a ter reunido mais de 10.000 encomendas aquando da sua apresentação inicial ao público, a versão 2.0 vai avançar com motor de 11 kW, cerca de 15 cv e 100 Nm de força. Isto é suficiente, de acordo com o fabricante, para impulsionar o eléctrico até aos 90 km/h, para depois a autonomia depender do pack de baterias instalado. Com uma capacidade de 8 ou 14,4 kWh, o Microlino é capaz de percorrer, segundo o método WLTP, 125 ou 200 km entre recargas. Tudo isto com preços a partir de apenas 12.300€.

11 fotos

Igualmente “deliciosa” parece ser a Microletta, uma scooter eléctrica com três rodas, duas à frente para resolver os temores (e a falta de equilíbrio) de quem não sabe andar de bicicleta ou de moto. Com a capacidade de atingir 80 km/h, a Microletta monta duas baterias destacáveis, que se podem levar para casa para recarregar e que garantem uma autonomia de 100 km. O preço da Microletta é de 4900€, assumindo-se como uma proposta muito competitiva face às scooters eléctricas já no mercado.