434kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Eutanásia. Petição para referendo já reuniu mais de 76 mil assinaturas

Este artigo tem mais de 2 anos

A petição para a realização de um referendo de iniciativa popular sobre a despenalização da eutanásia já foi assinada por mais de 76 mil pessoas. Assinaturas vão continuar a ser recolhidas.

Mais de 50 mil foram recebidas em papel e as restantes através da plataforma online, escreveu a Federação Portuguesa pela Vida na página de Facebook
i

Mais de 50 mil foram recebidas em papel e as restantes através da plataforma online, escreveu a Federação Portuguesa pela Vida na página de Facebook

João Pedro Morais/Observador

Mais de 50 mil foram recebidas em papel e as restantes através da plataforma online, escreveu a Federação Portuguesa pela Vida na página de Facebook

João Pedro Morais/Observador

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A petição para a realização de um referendo de iniciativa popular sobre a despenalização da eutanásia já foi assinada por mais de 76 mil pessoas, anunciou no sábado a Federação Portuguesa pela Vida (FPV), que está a reunir assinaturas a nível nacional, com o apoio da Igreja Católica. Objetivo é levar a referendo a pergunta: “Concorda que matar outra pessoa a seu pedido ou ajudá-la a suicidar-se deve continuar a ser punível pela lei penal em quaisquer circunstâncias?” Ainda não há data para a entrega da petição no Parlamento.

“A Federação Pela Vida, promotora da Iniciativa Popular de Referendo sobre a (des)penalização da morte a pedido, comunica que, até às 11h do dia 7 de Março de 2020, foram contabilizadas 76 124 assinaturas”, sendo que mais de 50 mil foram recebidas em papel e as restantes online, escreveu a entidade na página de Facebook.

O número de assinaturas alcançado desde dia 14 de fevereiro, que já superou o número exigido para a realização deste tipo de iniciativas (60 mil), surpreendeu a advogada e presidente da FPV, que garante que a recolha não fica por aqui e que as sessões de esclarecimento e os encontros sobre o tema vão continuar a realizar-se.

“Em menos de um mês ultrapassamos o número exigido. Há uma forte adesão ao referendo sobre a eutanásia e há muita gente a quem a iniciativa ainda não chegou”, garantiu Isilda Pegado, em declarações ao jornal Público, acrescentado: “É nossa intenção, face aos números que recolhemos, entregar a petição durante o processo legislativo e isso pode ou não suspender o próprio processo legislativo”.

O movimento para o referendo tem como mandatários personalidades como o antigo Presidente da República Ramalho Eanes, a ex-presidente do PSD Manuela Ferreira Leite, o politólogo Jaime Nogueira Pinto, a ex-deputada do CDS-PP Isabel Galriça Neto, o presidente da Caritas Eugénio Fonseca, o ex-bastonário da Ordem dos Médicos Germano de Sousa, e o padre e professor de Filosofia Anselmo Borges., escreve o mesmo jornal.

O Parlamento despenalizou a morte medicamente assistida em 20 de fevereiro, aprovando na generalidade os cinco projetos apresentados (PS, BE, PEV, PAN e Iniciativa Liberal).

Eutanásia. Todos os projetos que despenalizam a morte assistida em Portugal foram aprovados

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.