O município de Portimão irá distribuir pela população do concelho 250 mil máscaras num kit que será composto por seis máscaras e um folheto onde estará explicado como usar as máscaras corretamente: “para proteger em vez de fazer o oposto, prejudicar”, explica a presidente da câmara municipal de Portimão, Isilda Gomes. Estas máscaras vão ser distribuídas pela população a partir da próxima semana.

Reconhecemos que muita gente não tem capacidade económica para adquirir estas máscaras no mercado (que rondam os dois euros a unidade) e, por isso, a câmara resolveu fazer este investimento“, explica a autarca. A autarquia investiu 150 mil euros na aquisição destas máscaras mas Isilda Gomes ressalva: “O facto económico das pessoas não pode impedir ninguém de andar protegido. Se com este investimento conseguirmos salvar uma vida quer dizer que já valeu a pena“.

Esta decisão foi acordada entre as autoridades de saúde municipais que diariamente se reúnem para debater o surto da Covid-19 no município que foi a primeira cidade da região do Algarve a confirmar casos positivos pelo novo coronavírus.

Isilda Gomes explica ao Observador que tomou esta decisão depois da Direção-Geral de Saúde ter recomendado o uso de máscaras em espaços fechados como supermercados, farmácias e transportes públicos. “As pessoas têm de se sentir o mais protegidas possível porque se as pessoas andarem protegidas todos nós também andaremos“, ressalvou.

No entanto este número de máscaras poderá ser reforçado: “Comprámos 250 mil máscaras para já, não quer dizer que não venhamos a comprar mais consoante as necessidades“, conclui.

Tal como noutras zonas do país as máscaras cirúrgicas estão à vendas nas farmácias por valores que rondam os dois euros a unidade e em Portimão serão distribuídas gratuitamente por todas as casas do concelho de duas maneiras possíveis: serão entregues porta a porta para as pessoas que estão impossibilitadas de sair de casa e haverá locais de recolha espalhados pela cidade para essas mesmas máscaras.

Portimão foi a primeira cidade do Algarve a confirmar casos positivos pela Covid-19 mas conta já com 11 pessoas recuperadas e ao momento existem só 22 pessoas ainda infetadas.