Em tempos que fogem ao que o mundo considera normal, nada como convocar a arte e deixar que seja ela a aproximar-nos do que é a nova realidade. Esta quinta-feira, Kate Middleton desafiou todos os britânicos a captarem as emoções deste contexto adverso. Numa colaboração com a National Portrait Gallery, um dos mais prestigiados museus do Reino Unido, lançou o concurso de fotografia Hold Still – A portrait of our nation in 2020 (Aguentem firme — Um retrato do país em 2020).

A duquesa de Cambridge usou as redes sociais do Palácio de Kensington para explicar tudo sobre a iniciativa. “Todos nós ficamos impressionados com algumas imagens incríveis que vemos e que nos dão uma visão das experiências e histórias de pessoas em todo o país”, referiu. “Algumas imagens são desesperadamente tristes, outras são animadoras e mostram as pessoas unidas para apoiar os mais vulneráveis”, continuou. Nas redes sociais, Kate também partilhou alguns exemplos das imagens de que fala.

Kate é, ela própria, uma apaixonada por fotografia. O concurso não está reservado a profissionais e também não descrimina equipamentos, nem mesmo telemóveis. Os trabalhos devem ser submetidos até 18 de junho. A partir daí caberá ao museu e a Kate Middleton chegar a uma seleção de 100 imagens, que serão depois apresentadas numa exposição virtual aberta a todos, em agosto. Algumas serão ainda espalhadas pelo país, em locais públicos, no final do ano.

© Chris Page

Os trabalhos enviados podem inserir-se em três categorias diferentes: “Ajudantes e Heróis”, “O Teu Novo Normal” e “Atos de Generosidade”. Aos participantes é pedido que enviei também um pequeno texto as experiências e emoções que envolvem a imagem em questão.