O alemão Christian Brueckner, que recentemente surgiu como novo suspeito no caso do desaparecimento de Madeleine McCann no Algarve em 2007, está a ser associado a pelo menos mais três casos de desaparecimentos de crianças que ficaram até hoje por resolver.

O surgimento de pistas que apontam para Brueckner como possível autor do rapto e homicídio de Maddie fizeram as autoridades voltar a pensar em outros casos de crianças desaparecidas cujas cicrcunstâncias são consistentes com o envolvimento do alemão de 43 anos, que está preso na Alemanha por crimes sexuais.

Um desses casos é o de René Hasee, uma criança alemã de 6 anos de idade que desapareceu na Praia da Amoreira, em Aljezur, em junho de 1996, quando estava de férias com a família no Algarve.

De acordo com os relatos da imprensa da altura, a criança estava a correr no areal da praia junto à mãe e ao padrasto, até ao momento em que se afastou demasiado da família, que deixou de o ver. Quando as roupas da criança foram encontradas, as autoridades concluíram que a hipótese mais provável era a de que René se tivesse afogado — mas o caso nunca ficou verdadeiramente resolvido.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.